Eu vivo cada verso... Do avesso particular que cada um possui.
(Sirlei L. Passolongo)

Feche os olhos!




Imagine diante de você
a mais exuberante das rosas
depois, erga as mãos
toque-a...

Deus tem contigo
a mesma delicadeza
com que cultiva as flores...
(Sirlei L. Passolongo)

27/12/2009

A Magia do recomeço






A Magia do recomeço

E a vida é tão simples
Cheia de graça em essência
Não requer malabarismos
Ela é atriz principal
Da sua própria cena...
E nós a cobrimos
De tolos dilemas.

Ela grita todo dia
Quando o sol acorda
Ela silencia por instantes
Quando a gente dorme.

Mas segue a espera
Do abraço verdadeiro
Do desejo simples,
Porém inteiro
Das mãos na hora certa
Das gargalhadas
Sob os tropeços
Por que a vida
É a magia
Do recomeço.

(Sirlei L. Passolongo)


O ano Novo



O ano novo
é uma criança pura
a espera da sua mão
para caminhar...
É um botão
que precisa do seu carinho
pra desabrochar...
O princípio de um milagre
que precisa da sua fé pra
realizar.
(Sirlei L. Passolongo)

Feliz 2010 pra vc!


22/12/2009

Encontro de almas




Encontro de almas

Há encontros de almas
Que não se explicam
Sonhos que poemas realizam
Palavras que bailam soltas
Até que encontram olhares
Que as prendem
Como desejos
Que emudecem bocas
Na tênue impressão
De estar ali
Diante das mãos...
Mas eram apenas
Poesias.
(Sirlei L. Passolongo)




Coisas que quero









Coisas que quero

Conhecer um oásis
de perto
Caminhar sem pensar
no que é errado
ou certo
Colher tulipas na Holanda
Ver o sol nascer
no Nepal
cantar outra vez
uma canção de ciranda
Ver a Lua se esconder
beijando o mar
de Copacabana...
Entre tantas coisas
Muito mais que ir além
Abraçar você
E dizer:
Eu te quero bem...

(Sirlei L. Passolongo)







21/12/2009

Eu sou feito um galho




"Eu sou feito um galho,
posso ter flores e espinhos,
posso ser um ninho
onde descansa a alma,
um braço onde se acolhe carinho."
(Sirlei L. Passolongo)

Além do horizonte



Além do horizonte

Eu vou seguir
não importa
que a estrada
seja longa,
árdua; vazia...
Buscarei meu norte
desafiando a sorte...
Até realizar o sonho
no horizonte
que ecoa
em minha poesia.

(Sirlei L. Passolongo)


17/12/2009

Quando Nasci





Quando nasci

Quando nasci
um anjo pousou
sobre minhas mãos
e desenhou
um destino
assim:
Milhares de amigos
lindos, dias de risos
e dias de luta
dias de fé
e dias de tropeços
mas sempre
a felicidade do recomeço.

(Sirlei L. Passolongo)

Obrigada a todos...

Sagitariana



15/12/2009

Faça uma lista




Faça uma lista


Faça uma lista
Dos teus sonhos
Dos risos que iluminaste
Das canções que cantou
Em silêncio...

Faça uma lista
Das manhãs de encontros
Das tardes de despedidas
Das noites de reencontros
Dos planos para o dia seguinte...

Faça uma lista das tuas conquistas
Verá que são bem mais
que tuas derrotas.

Inspirada na canção A Lista
De Oswaldo Montenegro.

(Sirlei L. Passolongo)


Publicado no Recanto das Letras em 07/10/2008
Código do texto: T1216367


Quase...



"Quase posso tocar-te quando fecho os olhos,
eis que enfim, te sinto no silêncio das palavras".
(Sirlei L. Passolongo)

13/12/2009

Talvez






Talvez
Não deva
Esperar mais
O tempo
Não pára...

Talvez
O peito
Entenda
Que a chaga
Na fenda
Nem sempre
Sara...

Talvez
O vento
Se mova
A alma
Devolva
O riso
Que guardara.

Talvez...
Espere mais...

(Sirlei L. Passolongo)

Ainda Menina

Meu Jardim da Vida





Meu Jardim da Vida


Amanheço
Feito as borboletas
Mas o jardim que sobrevoo
Não tem flores, margaridas
Ou lindas orquídeas...
É um jardim diferente
Repleto de vozes
E emoções contidas
É um jardim
Onde a mais bela flor
Se chama Poesia.
É o meu jardim da vida.

(Sirlei L. Passolongo)

11/12/2009

Apenas Mulher




Apenas Mulher

Sou apenas uma mulher.
Não quero ser anjo,
tampouco demônio.
Quero ser dona
dos meus sonhos...
Talvez eu me permita
ser fada
em dias em que a alma
esteja branda.
Não quero construir
um mundo feminista,
quero apenas
o reconhecimento
por cada conquista...
Talvez eu me permita
ser bruxa
em dias em que o peito
esteja arredio.
Não quero ser espelho
de nada,
nem mesmo
prisioneira do batom
e viver cheia de grilos,
quero que me olhem
além da maquiagem
ou dos cabelos
arrumados...
Quero ser mulher
num mundo
sem que eu precise
provar nada...
Porque não sou frágil
quero apenas ser igual.


( Sirlei L. Passolongo)


10/12/2009

Quando fecho os olhos





Quando fecho os olhos

É tão bom fechar os olhos
E sentir você por perto.
Posso sentir seu hálito em meus cabelos
Posso ouvir sua voz me sussurrando
Coisas que só você dizia...
Seus olhos me sorrindo em silêncio
Suas mãos percorrendo minhas curvas...
Num carinho tão lindo
Num momento todo nosso
Em que a gente se perdia
No tempo, no universo
Entre mãos e bocas
Apaixonadas...
Posso sentir você
Em cada verso
Que nem chego
A escrever...
Prefiro senti-los
Dentro de mim
E reviver você.
(Sirlei L. Passolongo)


08/12/2009

Versos que guardei




Versos que guardei


 Há versos que guardei
Cheios de mistérios
E segredos meus...
Versos de sonhos
De um céu
Que desenhei num cantinho
De mim...
De sóis, estrelas, pétalas
E amores sem fim...
Há versos que guardei
Como guardo a saudade
Dos beijos teus.
(Sirlei L. Passolongo)


06/12/2009

Lições de um Menino



Lições de um Menino

Numa noite
De estrelas
Que pareciam
Cobrir a Terra,
Nasceu o dono
De todo ouro
E de toda prata.
Mas
Numa manjedoura
Ele chegou...
Pra nos ensinar
Que a maior riqueza
Que temos
Está dentro do coração.
Nem todo ouro,
Nem toda prata
Nos dará a paz
Da Salvação
Se não semearmos
O AMOR.

(Sirlei L. Passolongo)

05/12/2009

Faz Um Milagre Em Mim





*Faz Um Milagre
Em mim...
Faça um Milagre
Na vida
Dos meus amigos.
Faça brilhar
Olhos que choram
Acalme
A dor da saudade
Pelos que foram embora.
Ilumina os corações
Dos homens que te ignoram.
Cuida bem da pessoa
Que me sorri
Cuida bem da pessoa
Que não me sorri
Ensina-me a ser melhor
Ensina-me a perdoar...
Faz Um Milagre
Na vida
De quem lê
Essa Mensagem.

*Titulo música Régis Danese

(Sirlei L. Passolongo)

03/12/2009

Em minha vida










Em minha vida

Deus
É O Milagre
Que me faz acordar
E recomeçar todas as manhãs
É Ele quem me protege
Quando atravesso as tempestades.
E Segura minhas mãos
Quando desejo voar
Na imaginação
E voo em poesia de verdade.
(Sirlei L. Passolongo)

02/12/2009

01/12/2009

Quem me dera...



Quem me dera ser borboleta, fazer metamorfose de mim.  
(Sirlei L. Passolongo)

Amigo





Amigo



Esse anjo
Que envolve
Serenamente
Essa paz
Que aquece
A alma...
Não há ouro
Ou qualquer jóia rara
Que a esse bem
Se compara.
(Sirlei L. Passolongo)