Eu vivo cada verso... Do avesso particular que cada um possui.
(Sirlei L. Passolongo)

Feche os olhos!




Imagine diante de você
a mais exuberante das rosas
depois, erga as mãos
toque-a...

Deus tem contigo
a mesma delicadeza
com que cultiva as flores...
(Sirlei L. Passolongo)

26/02/2010

Lembranças

Lembranças



Revirando lembranças
A emoção foi inevitável
Cada gaveta que abri
Cada caixinha de coisinhas
Cada álbum empoeirado
Cada quadro na parede
Cada janela, cada planta
E logo, uma lágrima
E um nó na garganta.

Mas por fim sorri...
Pelo amor que senti
Em cada cantinho
Pela sensação
De que uma história se completa
Mas jamais termina
Porque o amor segue adiante
E quem vive com amor
Deixa na vida
A essência única
Que se precisa...  A amizade.
E a saudade linda
No coração de cada um.

(Sirlei L. Passolongo)

25/02/2010

Saudade, sofrer e de sorrir

 

Saudade é essa louca ironia
de sofrer e de sorrir
de um lado, por que não se vê
de outro, porque trás a presença
de quem a gente ama
e fez morada aqui...
No coração.

(Sirlei L. Passolongo) 

21/02/2010

Mãe!




Mãe!
Eu não sei falar de você...
Da sua grandeza
Da sua coragem
Não sei falar da mulher
Que há em você...
Eu poderia lhe comparar as rosas
Mas elas são tão efêmeras
Embora perfumem a alma
Dos que a tocam,
Pensei em lhe comparar as águias
Mas elas voam tão longe
E parecem nunca voltar
E você está sempre aqui...
Enfim, pensei nas estrelas
Mas elas brilham tão distantes
E você me irradia de perto...
Me cobre com um manto
Tão aconchegante
Assim como quem acolhe
Num abraço, acalma num olhar...
Enfim, vou apenas dizer
O que vai em meu coração
E grita tão alto em mim
Cobre meus olhos de lágrimas de emoção
Acalma meu peito quando olho em seus olhos
Me dá a paz quando seguro suas mãos...
Eu te Amo!!! Mãe querida!

(Sirlei L. Passolongo)

Se a rosa falasse

 


Se a rosa falasse


Se a rosa falasse diria:
Nasci entre espinhos
mas agradeço todas as manhãs
o beijo do sol
que embeleza minhas pétalas,
as gotas de orvalho
que mantêm verdes meus galhos.
E você? agradece a quê?

(Sirlei L. Passolongo)


17/02/2010

Suave





Suave


Suave é o riso
que precede
o aperto de mão

suave é a nuvem
que faz a sombra
do viajante...

Suave é a amizade
regrada com águas
de tranquilidade
florescendo
a todo instante.

(Sirlei L. Passolongo)

13/02/2010

A Vida, Uma Linda Menina

 
A vida, uma linda menina 

E a vida segue
Feito uma menina
Que brinca com as horas
Por vezes, sorri
Por vezes, ela chora
E ainda assim
Ela se faz
Uma linda senhora...

De cada instante
Um espetáculo
Uma cena
Que acena
Com a leveza
De um pólen...

Por que ela é assim
Dona do verso
Rainha da prosa
Artesã do tempo
Prima-irmã da rosa...

E se um dia chegar
Em que a luz se apagar
Ela se acenderá
Doutro lado das cortinas
Renascendo
Em paz
Uma linda menina.

(Sirlei L. Passolongo)

12/02/2010

O doce sabor da Esperança

 

O doce sabor da Esperança
.
Tem dias que sou tempestade,
Noutros uma brisa mansa...
Nos dias que a neblina cobre meus olhos
Choro feito criança...
Mas não perco a fé,
Acredito no sol, na Força de Deus
Ele me estende as mãos
E me dá a doçura,
O doce sabor da Esperança.
Deus é a Força Divina
Que me levanta.


(Sirlei L. Passolongo) 

10/02/2010

Mãe! És tu mãe, o símbolo do amor

 


MÃE!
__  És tu mãe, o símbolo do amor.
___  Sem você, eu não existiria
_ﻶჱﮨﯝﮨ  A você ,
_____  Venho dizer neste dia:
______ - Obrigada mãe!
_______  Pelas noites que ficaste sem dormir
ﻶჱﮨﯝﮨﻶჱﮨﯝ__  por minha causa.
_______ - Obrigada mãe...
______  Pelos passos que me ensinaste a dar
_____  Pelas primeiras palavras que me ensinaste
_ﻶჱﮨﯝﮨ  soletrar.
___  Mãe! Sua pele já possui rugas,
__  Seus cabelos teimam em ficar grisalhos,
_  Marcas de uma vida inteira
__  cheia de amor e dedicação
___  Mãe! Sei que muitas vezes você chorou
_ﻶჱﮨﯝﮨ  escondido para que eu não notasse
_____  sua tristeza, sua preocupação.
______  Mas, a você, Mãe querida!
_______  Venho dizer nesse dia:
ﻶჱﮨﯝﮨﻶჱﮨﯝﮨ___ Perdoa-me mãe!
_______  Pelas vezes em que a fiz chorar
_______ Perdoa-me mãe!
_____  Pelas vezes em que não ouvi
_ﻶჱﮨﯝﮨ  seus conselhos
___ Perdoa-me, mãe!
___  Por não poder lhe dar o amor que merece
_ﻶჱﮨﯝﮨ_____  Você, mãe!
______  Merece o céu, o mar, as estrelas...
_______  Merece todas as flores do mundo
ﻶჱﮨﯝﮨﻶჱﮨﯝ__  Você merece o amor que jamais poderei dar
_______  Pois, somente a ti Deus concedeu
______  a graça de um amor tão grande,
_ﻶჱﮨﯝﮨ___  de um amor tão especial.
__  Só me resta dizer:
_  Obrigada mãe,
__  Obrigada, enfim, pela vida!
___  EU TE AMO!
_ﻶჱﮨﯝﮨ  (Sirlei L. Passolongo)




Esse poema escrevi quando tinha 12 anos,
hoje! dedico, novamente, de maneira especial
a minha Mãezinha.



09/02/2010

Únicos



Únicos

Vai chegar um dia
em que a gente vai se olhar...
E nossas almas
estarão tão sedentas
desse encontro
que a gente vai se perder
você em mim
eu em você
como sempre esteve escrito...
Seremos nuvem e céu
flor e abelha
o brilho e a centelha
que faz o raio
a folha e o galho
da mesma rosa
e a gente...
Vai se perder
enfim.

(Sirlei L. Passolongo)

07/02/2010

Por que não?

 

Por que não?

Por que não sair da rotina
Fazer um novo percurso
Virar numa nova esquina...

Por que não usar aquela roupa
Que você tem vontade
Mas nunca acha que é a hora e o lugar
Parar diante de uma vitrine e sonhar...

Por que não marcar a data da dieta
Ou o dia pra parar de fumar...
Tenta de novo, cada vez é única...
E melhor, pode ser a última...

Por que não?
Ler aquele livro de frases prontas
Que até parecem tolas, mas algumas
Têm um significado todo especial...

Por que não?
Arriscar realizar um sonho...
Quem sabe é esse o dia
Pra ele se realizar...

Por que não?
Antes de começar o dia
Olhar nos olhos das pessoas
E dizer o quanto elas são importantes
Pra você...

Por que não agora?
Enviar esse texto pra alguém
Que você adora...

Pode ser pra mim...
Tenho certeza
Vou precisar
Ler de vez em quando.

 (Sirlei L. Passolongo)

Publicado no Recanto das Letras em 14/06/2009
Código do texto: T1649210


Amigos cantam....

 

Amigos cantam a mesma canção quando tudo parece desafinado. 
(Sirlei L. Passolongo)

O Homem Que Me Inspira

 

O Homem Que Me Inspira

O homem
Que me inspira
Lê o poema
Que há em mim
Decifra
Meus desejos e
Mistérios
Num olhar...
Me tira do sério.

Conhece cada verso
Que há em minha alma
Cada reticência...
Sabe das vírgulas
Que calam em minha
Essência.

O homem
Que me inspira
Lê o poema
Que há em meu
Corpo
Pode desenhar
À distância os traços
Do meu rosto
Conhece
Cada ponto
Que leva ao meu
Sorriso... É pra ele
Cada verso que poetizo.

(Sirlei L. Passolongo)
Direitos Reservados a Autora

Publicado no Recanto das Letras em 18/11/2007
Código do texto: T741626


06/02/2010

Amigo

 

Amigo

Quero a luz
Do amor
Iluminando
Sua estrada...
E se acaso
Seus pés se cansarem
Pedirei aos anjos
Pra te colocarem no colo.

(Sirlei L. Passolongo)


03/02/2010

Ame!

 


Ame!

Ame,
porque nada além do amor
vale à pena
Ame,
porque você é o único autor
de sua própria cena

Ame,
porque ninguém te rouba
o que vai no peito
Ame, nem que seja pra chorar
quando a saudade bater

Ame, porque nada além do amor
vale à pena
Ame, porque é amando que se vê
que todas as outras coisas
ficam pequenas.
Ame, escreva seu amor
Num poema.

(Sirlei L. Passolongo)

Poesia escrita em agosto de 2008.