Eu vivo cada verso... Do avesso particular que cada um possui.
(Sirlei L. Passolongo)

Feche os olhos!




Imagine diante de você
a mais exuberante das rosas
depois, erga as mãos
toque-a...

Deus tem contigo
a mesma delicadeza
com que cultiva as flores...
(Sirlei L. Passolongo)

01/12/2009

Quem me dera...



Quem me dera ser borboleta, fazer metamorfose de mim.  
(Sirlei L. Passolongo)

Um comentário:

  1. Cleida Moro Bolzan22 de maio de 2010 22:42

    Fazer metamorfose em mim...seria tão bom... Sirlei, amo, amo, amo teus poemas, não me canso de lê-los, fico horas no pc...queria um dia ser como voce!!!Bjooo

    ResponderExcluir